Untitled Document
FlexSlider 2
megamenu.js | Last responsive megamenu you'll ever need
jQuery Devrama Slider Demo
Voluntários pedem ajuda para adoção de 21 cães e doação ração em Matozinhos
Voluntários pedem ajuda para adoção de 21 cães e doação ração em Matozinhos
Da Redação
Publicada 05/12/2019

Voluntários responsáveis por ajudar os cães encontrados em situação deplorável, no início de janeiro de 2019, no bairro São José, em Matozinhos, pedem ajuda para conseguir adoção dos animais. Ainda restam 21 animais que precisam de um lar temporário. A equipe pede, ainda, doações de rações ou dinheiro, que será destinado para custeio de ração, medicamentos e vacinas. Os cães acolhidos terão castração garantida pelo Setor de Controle de Zoonoses, a serem realizadas em janeiro de 2020.

As doações de ração podem ser encaminhadas para as voluntárias Dagmar da Silva (31 99318-1728) ou Valéria Brasil (31 99488-1425). O grupo de voluntárias irá disponibilizar, em breve, dados de conta bancária específica para o recebimento de doações em dinheiro. Enquanto isso, as doações em dinheiro podem ser informadas à Dagmar ou Valéria, que darão orientações para o encaminhamento do dinheiro, pois, enquanto a conta específica não esteja disponível, o dinheiro será entregue diretamente ao estabelecimento que tem fornecido a ração às protetoras.

Vale destacar que a atuação das protetoras voluntárias Dagmar da Silva, Paola Maciel, Renilda dos Santos, Tânia Edvania e Valéria Brasil merece notoriedade e reconhecimento. Através de seu apoio e afinco, conseguiram reduzir expressivamente o número de cães (eram 55 adultos e 9 filhotes em setembro de 2019), têm mantido o fornecimento de ração, custeio de medicamentos e tratamentos veterinários, castração de cães, o acolhimento de animais doentes, idosos e fêmeas gestantes, a manutenção das necessidades básicas dos cães que ainda permanecem nessa residência e a limpeza desse local. A AMAA, Associação Matozinhense de Amparo Animal, também contribuiu imensamente, promovendo a castração de cães e cooperando na divulgação do caso. “Sem a dedicação dessas pessoas e de todos os demais envolvidos, que ajudaram na divulgação, acolheram algum cão, doaram tempo, cuidados, dedicação e recursos, a situação dos cães seria ainda mais delicada, ainda mais distante de um desenlace feliz”, disse a veterinária Fabiane Pickbrenner.

 Documento sem título
Documento sem título
Documento sem título
Buscas
jQuery Devrama Slider Demo